Controle de processos industriais: instrumentação analítica de processos X laboratório tradicional. Parte I: importância dos laboratórios em indústrias modernas | Analytica 90

Resumo: Nas últimas décadas, os laboratórios de controle de qualidade industriais têm perdido espaço para os sistemas analíticos dedicados instalados nas linhas de produção. Os sistemas dedicados, por serem automatizados e apresentarem respostas mais rápidas, diminuem os custos de mão de obra e maximizam a produtividade, com maior quantidade de produção especificada. Os laboratórios tradicionais, contudo, possuem capacidade de executar determinações intricadas e/ou inesperadas de pontos inusitados do processo; outra característica dos laboratórios é possibilidade de intervenção humana, onde o técnico especializado, conhecedor das etapas do processo, de suas possíveis alterações e dos impactos gerados nas diversas amostras, influencia na confiabilidade do resultado emitido. O principal objetivo deste trabalho é demonstrar, com exemplos de aplicações, que laboratórios tradicionais e sistemas dedicados são complementares e devem coexistir, respeitados seus limites de ação. Nesta parte inicial serão abordados os laboratórios convencionais nas indústrias.


Palavras-chaves: controle de processos; laboratórios de controle de qualidade; tempo de monitoramento.


Autores: Vanjoaldo dos Reis Lopes Neto, Leonardo Sena Gomes Teixeira e Juscély Santos Carvalho


Acesse aqui o artigo na íntegra:

Controle de processos industriais instrumentação analítica de processos X laboratório tradicional. Parte I importância dos laboratórios em indústrias modernas


 

Compartilhe!

Deixe uma resposta

Exibir botões
Esconder botões